Clube da Floresta promove Ambiente mais Saudável
O Clube Floresta d’Água iniciou as suas actividades deste ano lectivo com a Comemoração do Dia de S.Martinho, tendo os alunos realizado trabalhos com castanhas com muita criatividade e proporcionado na sala de professores um momento de Poesia com castanhas, declamando o poema “ O homem das castanhas” de José Ary dos Santos.
Para comemorar o dia da Floresta Autóctone, dia 23 de Novembro, o Clube da Floresta apresentou uma pequena exposição de espécies autóctones (vidoeiro, ácer, carvalho alvarinho, carvalho negral, azevinho, castanheiro, medronheiro, tília, entre outras), provenientes de um Parque Florestal e que foram plantadas pelos alunos do Clube no jardim da escola. Esta actividade permitiu dar a conhecer aos alunos não só algumas das espécies que existem no espaço ajardinado da nossa escola mas também sensibilizar para a protecção da floresta autóctone.
Esta actividade, integrada na Semana da Ciência e Tecnologia, contou com a divulgação aos alunos do ano 2011 como Ano Internacional das Florestas e de outras iniciativas a nível internacional de defesa do ambiente, nomeadamente a Campanha da Comissão Europeia do Ambiente intitulada “Biodiversity We Are All In This Together”, para recordar o Ano Internacional da Biodiversidade.
As professoras responsáveis pelo Clube Floresta d’Água consideram que os alunos são muito dinâmicos e ímpares pela dedicação e alegria que irradiam e pelo excelente relacionamento interpessoal que têm desenvolvido. Assim,  irão continuar a caminhar pela floresta a semear e a plantar sentimentos que façam crescer nos jovens a responsabilidade partilhada de serem cidadãos mais participativos e críticos e defensores da floresta e do ambiente.

As professoras responsáveis pelo Clube Floresta d'Água,
Dolores Leite e Lory Pereira






Comemoração do dia de S. Martinho
No dia 11 de Novembro o Clube da Floresta Mágica do Jardim de Infância de Panoias comemorou o dia de S. Martinho no Mosteiro de S. Martinho de Tibães. No período da manhã as crianças exploraram a Cerca estabelecendo uma relação directa com a natureza. Depois do almoço que decorreu num clima de confraternização as crianças tiveram oportunidade de assistir a um teatro de marionetas denominado “O Cavaleiro de Sol”, que retrata a lenda de S. Martinho, padroeiro deste Mosteiro. No final do dia realizou-se um magusto tradicional em que tivemos o privilégio da visita do professor Jorge Lage que nos apoiou nesta actividade.

Sem comentários: